Devolvendo a espingarda para Hemingway

Conto originalmente publicado na São Paulo Review em 09.11.2015. 1. O que é que eu posso dizer? Gosto de atirar nos pombos. Eu gosto, e pronto. A minha mulher acha um horror, fica toda histérica…

Mapa da dor

Conto originalmente publicado no Blog do IMS em 02.03.2017, inspirado pela imagem abaixo¹. No dia em que levei meu pai para a frente do pelotão de fuzilamento, ele me disse que, entre os seus pertences,…

Granada

Conto originalmente publicado na Pessoa em 14.12.2019.   Murder would also be suicide. — William H. Gass, Omensetter’s Luck.   Bruno viu como o tio a empurrou escada abaixo, viu o movimento ligeiro do antebraço…

Necessidades

Um conto. Cagar. O homem está sozinho, sentado à mesa, fuçando no telefone. Ele precisa cagar. O gabinete meio às escuras. Precisa muito cagar. Janelas e cortinas fechadas. Outra vez isso. Luzes apagadas, exceto por…

Depois do fogo

Conto publicado n’O Popular em 15.09.2020.   Ele se sentou à frente do examinador e olhou ao redor. Um escritório comum: estantes vazias, ventilador girando no teto, cortinas encardidas, pilhas de processos sobre a mesa….

Zeus, um depoimento

    Meu nome é Zeus. Por quase duas semanas, fui chamado de Augusto. Não me incomodei, a princípio. Não obstante meu lugar no píncaro do panteão olimpiano, confesso que achei simpático quando aquele indivíduo…

Bronson

Escrevi este conto há uns quatro anos, depois de aceitar o convite do Diego Moraes para participar de uma antologia tão divertida quanto insólita. Publico aqui uma versão revista (mas não muito). 1. Tudo isso aconteceu…

Pólio

Para E.M., que sobreviveu para me dar esta história. INCIPIT O som de um corpo atirado n’água, o seu próprio corpo – o primeiro som guardado na memória. MERGULHO O pai foi apanhá-lo na cama,…

Eu não vou tirar você desse lugar

Um conto (*). Vim pela estrada de terra, milho de um lado e soja do outro, contornei a casa e estacionei o carro lá atrás. Lucélia e outra menina estendiam roupas no varal, as caras…