Knowles

O novaiorquino CHRISTOPHER KNOWLES (1959) é poeta e artista plástico. O diretor de teatro Robert Wilson usou algumas de suas composições e o escalou em diversas montagens, incluindo na famigerada Einstein on the Beach, ópera de Philip Glass. Há quem diga que Knowles é autista. Eu só acho que ele está enviando a minha mensagem para mim. […]

Cavalgar sobre o cemitério

Texto publicado n’O Popular em 28.11.2017. Os Brutos Também Amam ou, melhor dizendo, Shane é um clássico do cinema dirigido por George Stevens e lançado em 1953. Para quem não viu e para os que quiserem rever, há uma excelente cópia disponível em blu-ray no mercado brasileiro, a qual faz justiça à fotografia original, com seus planos […]

Na beira do “Eufrates”

Coloquei o ponto final em Eufrates, meu sexto romance, e enviei os originais para a editora José Olympio na semana passada. A previsão é que o livro seja lançado em meados de 2018. É um romance relativamente longo, com várias histórias correndo assim paralelas, dispersas no tempo (~1991-2013) e em várias cidades (São Paulo, Brasília, Buenos Aires, […]

Poemas que resguardam a lua doente de fumar

MAHMOUD DARWISH (1942-2008) Mahmoud Darwish é tido como o poeta palestino mais importante de sua geração. O que posto aqui são traduções de traduções. Recorri às versões em inglês de Fady Joudah (transcritas mais abaixo). Os poemas integram a coletânea The Butterfly’s Burden (Cooper Canyon Press, 2007). Peço desculpas desde já por quaisquer deslizes e imprecisões. ………… […]

O fim da democracia

Artigo publicado n’O Popular em 14.11.2017. Há uma semana, um bando de infelizes foi à porta do SESC Pompeia, em São Paulo, e ateou fogo a uma boneca da filósofa norte-americana Judith Butler. Doutora por Yale e professora de Literatura Comparada na Universidade da Califórnia em Berkeley, Butler participava ali do colóquio “Os Fins da Democracia”. […]

Do lugar mais sombrio

Resenha publicada na edição de hoje do Estadão. “Inverno e silêncio”, escreve Martim, narrador de A Noite da Espera, logo no começo desse volume com o qual o amazonense Milton Hatoum abre a trilogia O Lugar Mais Sombrio. Exilado em Paris no final dos anos 1970, o protagonista relembra o que vivenciou em Brasília entre […]

Fonseca

Texto publicado hoje n’O Popular*. Há uns dez anos, quando iniciava minha carreira e sentia aquela necessidade tão inescapável quanto adolescente de autoafirmação, disse, em uma enquete feita pelo jornal O Globo com vários (então) jovens autores, algumas coisas bem desagradáveis sobre a obra do escritor Rubem Fonseca. De um jeito ou de outro, sempre procuramos […]