Os anos dez – literatura de ficção

Sem mais delongas, os meus livros prediletos da década que se encerra hoje. Apenas obras de ficção, nacionais e estrangeiras (algumas ainda inéditas por aqui). Há mais romances do que narrativas breves porque vários dos…

A sujidade do desassossego

Um passeio pelas Estações Havana, de Leonardo Padura. Ensaio publicado no Cândido. 1. Antes, durante e após os crimes, os cadáveres, os interrogatórios, a fumaça dos cigarros, as ressacas etílicas e morais, as diligências, antes,…

A normalidade do desconforto

Resenha publicada em 10.08.2020 no Estadão. A certa altura de O Avesso da Pele (Cia. das Letras), lemos algo sobre a “perversidade do racismo”, que impede o indivíduo de “revisitar os próprios infernos”. No entanto,…

Barnes: links

Textos sobre a obra de Julian Barnes publicados ou republicados neste espaço: Pulso Altos voos e quedas livres O Ruído do Tempo

Krausz: links

Textos sobre a obra de Luis S. Krausz publicados (ou republicados) neste site: Bazar Paraná Outro Lugar Opulência

Ausências calcinadas

::: Os doze narradores de Boa Tarde às Coisas Aqui em Baixo têm em comum “a certeza do efêmero” de que nos fala a epígrafe virgiliana do romance. Não são vozes que nos chegam, mas,…

“Opulência” no Estadão

Escrevi sobre Opulência, romance de Luis S. Krausz, para a edição de hoje do Estadão. Clique AQUI ou na imagem abaixo para ler.

Janela de tempo

Artigo publicado em 24.12.2019 n’O Popular. Conforme o combinado, após discorrer sobre Café da Manhã dos Campeões há duas semanas, hoje me debruço sobre Matadouro-Cinco, um dos romances mais conhecidos de Kurt Vonnegut. A fama…