Londres, LIVERPOOL, Amsterdam

Liverpool Fans

“Lá dentro, sento e olho para o gramado, depois para o Kop. A hora seguinte voa. O lugar se enche bem rápido. Os times entram em campo. Estou, estamos todos em pé. You’ll never walk alone parece brotar da ossatura do lugar, do próprio concreto, e é como se fôssemos apenas os instrumentos, o meio de a música ascender e se fazer ouvir. Depois, preciso de alguns minutos para conseguir me concentrar no jogo.”

Trecho de Notas sobre uma pequena invasão bárbara, acerca da minha viagem maior. Leia na íntegra AQUI, na São Paulo Review.