“I want to realize too late I never should have left New Jersey.”

Esta é do segundo álbum da banda Titus Andronicus, The Monitor, lançado em 2010. Lançaram outros dois desde então, tão excelentes quanto (sendo que o quarto, The most lamentable tragedy, é uma tremenda ópera-rock sobre a depressão), mas, em The Monitor, há qualquer coisa assim trevosa que prefigura a década que nascia então, ao mesmo tempo em que se volta para a anterior e mija furiosamente em seu cadáver. Trata-se de um álbum conceitual, que evoca a Guerra da Secessão para discorrer sobre a vida besta & suburbana no seio de uma economia fraturada. New Jersey faz as vezes de uma Ítaca arruinada,  lar de uma caralhada de Odisseus que nunca foram a Troia.