Livros / 2012

O melhor livro que li em 2012 não está na lista abaixo. Guerra e Paz, de Liev Tolstói, lido logo no começo do ano, fora lançado em fins de 2011 e eu preferi restringir os elegíveis aos que tiveram sua primeira edição brasileira em 2012. Alguns já tinham sido lançados por aqui em outras traduções, mas, sei lá, tradução nova é livro novo. Misturei brasileiros e estrangeiros. Estão em ordem alfabética. Combinei com a Marcia Tiburi, o Marcelo Moutinho e o Felipe Pena que eles também listariam seus prediletos. O lance é ficar de olho nos blogs deles. Feliz 2013!

…………

amsterdam

AMSTERDAM,
de Ian McEwan.

…………

baddenheim

BADDENHEIM 1939,
de Aharon Appelfeld.

…………

contra

CONTRA O DIA,
de Thomas Pynchon.

…………

marías

OS ENAMORAMENTOS,
de Javier Marías.

…………

dfw

FICANDO LONGE DO FATO DE JÁ ESTAR MEIO QUE LONGE DE TUDO,
de David Foster Wallace.
Clique AQUI e leia a resenha que fiz pro Estadão.

…………

mar azul

MAR AZUL,
de Paloma Vidal.

…………

krauss

A MEMÓRIA DE NOSSAS MEMÓRIAS,
de Nicole Krauss.
Clique AQUI e leia a resenha que fiz pro Estadão.

…………

sant'anna

PÁGINAS SEM GLÓRIA,
de Sérgio Sant’Anna.

…………

quiçá

QUIÇÁ,
de Luisa Geisler.
Escrevi sobre ele AQUI.

…………

barnes

O SENTIDO DE UM FIM,
de Julian Barnes.

…………

socos

SOCOS NO ESCURO,
de Camila F.

…………

passos

O SONÂMBULO AMADOR,
de José Luiz Passos.
Clique AQUI e leia a resenha que fiz pro Estadão (abaixo dos trechos).

…………

stephen

STEPHEN HERÓI,
de James Joyce.

…………

ulysses

ULYSSES,
de James Joyce.
Um pequeno post sobre a leitura AQUI.

…………

útero

UM ÚTERO É DO TAMANHO DE UM PUNHO,
de Angélica Freitas.

…………